sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Colégio E. Pe Colbachini realiza a IV MEMPI

 No dia 01 de novembro,  aconteceu a IV MEMPI , Mostra do Ensino Médio Politécnico e Integrado do Colégio E. Pe. Colbachini, em Nova Bassano.Os alunos expuseram os projetos de pesquisa desenvolvidos durante o ano de 2016. A metodologia de pesquisa oportuniza que os estudantes sejam protagonistas da sua aprendizagem, através do levantamento de hipóteses, que são investigadas. Algumas ideias levantadas pelos projetos são levadas adiante e colocadas em prática, como o Projeto Água +, que reaproveita a água da chuva na escola, a horta ecológica,  o ajardinamento do colégio  utilizando pneus velhos, a construção de uma pista de skate na cidade, entre outros.
O evento contou com a presença do Coordenador da 16ª CRE, Leonir Razador, as professoras avaliadoras Neiva Morello Michelin e Verônica Borges dos Santos, a Secretária de Educação, Odete Vicari, a Vereadora Analice Antoniolli, entre outras autoridades municipais, além das escolas Tiradentes, de Nova Prata, Escola E.de 2º G Prof Wilson Maccarini, de Casca, Escola Luiz Isaías Zucchetti, de Nova Araçá
 e o Colégio Ângelo Mônaco, de Fagundes Varela. A visitação foi aberta  à comunidade em geral e teve
 a cobertura da rádio local e da assessoria de imprensa 
do município.
 Todos que  prestigiaram a iniciativa  e os professores e alunos envolvidos estão de parabéns.





Vizualize o álbum de fotos 

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Projeto Biblioteca Livre representa NTE-Bento no Tchê Linux 2016

A Equipe do NTE foi representada pelo prof. Marcos
O Núcleo de Tecnologia Educacional - NTE participou no último sábado, 22/10, da abertura da 4ª Edição do Tchê Linux 2016. A edição deste ano contou com 11 palestrantes, sendo que a palestra de abertura foi proferida pelo professor Marcos Azambuja, formador do NTE - Bento. Na ocasião, foi apresentado o “Projeto Biblioteca Livre 2016” que é baseado no Software Livre BIBLIVRE e está sendo instalado nas escolas da 16ª Coordenadoria de Educação desde 2013.

Durante a palestra foram apresentados alguns aspectos em relação à experiência do NTE-Bento com o Biblivre. Destaque para as oficinas realizadas, nas quais professores da rede estadual aprendem a utilizá-lo como uma interface que aproxima o aluno do mundo da leitura.

Em segundo momento, a explanação realizada para estudantes de computação da Universidade de Caxias do Sul - UCS e para público em geral, foi destacada a relevância da adoção do software livre no setor público: “Não só em tempos de crise, mas defendemos o uso do Biblivre não apenas por ser gratuito. Devemos vê-lo como nosso, pois é financiado com recursos públicos, com lei de incentivo, ou seja, com renúncia fiscal o que significa que é subsidiado com o dinheiro dos impostos dos brasileiros”, ressaltou o palestrante.  

Também foram destacadas as diversas experiências das escolas com o programa,que é acompanhado pelo NTE-Bento, desde a sua instalação quando é passada uma orientação sobre o fluxo de trabalho, a rotina da biblioteca e a realização das cópias de segurança; o que garante a guarda segura das informações do acervo. “A Escola nos procura e manifesta seu interesse em adotar o programa. Inicialmente verificamos sua infraestrutura, ou seja, se ela tem um computador e uma pessoa responsável na biblioteca. A partir disso, damos todo apoio e treinamento, e em poucos dias a escola já começa a cadastrar seus primeiros exemplares na base de dados do Biblivre”, relata o professor.  

Escolas com Biblivre na região da 16ª CRE

E.E.E.F. Carlos Dreher Neto - Bento Gonçalves
E.E.E.F. Egídio Fabris - Bento Gonçalves
E.E.E.F. Santo Antônio - Garibaldi
E.E.E.F. Prof. Ângelo Chiamolera  
I.E.E.  Cecília Meireles - Bento Gonçalves
I.E.E.  Irmã Teofânia - Garibaldi
Col. E Dona Isabel - Bento Gonçalves
Col. E Dosolina Boff - Vila Flores
EEEM Dante Grossi - Garibaldi
EEEM Mestre Santa Bárbara - Bento Gonçalves
EEEM Padre Colbachini - Nova Bassano
EEEM José Pansera - Pinto Bandeira

Sobre o Biblivre

O Biblivre está em sua quarta versão
É um programa gratuito que está em funcionamento em mais de 6 mil bibliotecas no Brasil e no mundo, pois é distribuído com versões em inglês, espanhol e português. É financiado pela Sociedade Amigos da Biblioteca Nacional - SABIN e distribuído com ênfase para bibliotecas escolares. No entanto, sua versatilidade permite que Fundações e Centros Universitários o utilizem para gestão do seu acervo.

De acordo com o diretor executivo do projeto Biblioteca Livre, Professor Ubaldo Miranda, muitos estados estão adotando o Biblivre. “Temos nos estados do Pará, Tocantins, Amazonas, entre outros, milhares de bibliotecas utilizando o Biblivre no Brasil ”, comenta o professor.

Sobre a gratuidade do programa, o professor destaca que sua história é baseada em software de licença de distribuição livre e gratuíta. “O sistema é licenciado como General Public Licence da Free Software Foundation (GPLv3) e foi desenvolvido pela Sociedade dos Amigos da Biblioteca Nacional (SABIN), com apoio da COPPE/UFRJ., no desenvolvimento do projeto nas versões, 1.0 e 2.0”, finaliza.


12 razões para usar BIBLIVRE

1 . Custo zero;
2. Ferramenta ágil e prática, de fácil uso;
3. Acesso aos catálogos de qualquer biblioteca do mundo através do Protocolo Z39.50;
4. Roda no Windows, no Linux, no Unix ou compatível;
5. Interface simples: diferentes materiais podem ser catalogados nas bases bibliográficas (livro, panfleto, tese, periódico, artigo de periódico, manuscrito, iconográfico, cartográfico, audiovisual, música (som), partitura, legível por computador, objeto 3D);
6. Busca por autor, título, assunto, ISBN (International Standard Book Number), ano de publicação, todos os atributos, serial da obra e tombo patrimonial;
7. Permite a catalogação do acervo das bibliotecas e a consulta online de títulos, fichas técnicas, trechos de livros e até de obras completas;
8. Possibilita ler e imprimir obras que estão em domínio público;
9. Promove a informatização e a modernização de sua biblioteca;
10. Programa free software: permite que o usuário personalize o programa de acordo com a sua necessidade;
11. Utilizado por mais de 6 mil bibliotecas no Brasil e em países lusófonos;
12. Atualizações permanentes e gratuitas.
Fonte: www.biblivre.org.br


Sobre o Tchê Linux Bento


Esta foi a quarta edição do Tchêlinux
Trata-se de um grupo de usuários de Software Livre, TchêLinux, que existe em parceria com a Universidade de Caxias do Sul - UCS que realiza anualmente eventos para divulgação e compartilhamento de aplicações no campo do Software Livre. A edição deste ano foi a quarta edição do Seminário de Tecnologia em Software Livre TchêLinux no Campus da UCS na cidade de Bento Gonçalves.

O que é?


Este é um evento voltado para estudantes, profissionais da área, e interessados em software livre, desenvolvimento e tecnologia. Sua finalidade é divulgar o Software Livre, por meio de palestras e demonstrações práticas veiculadas de forma gratuita. Todos, com qualquer nível de conhecimentos, são bem-vindos. O evento não é somente para "usuários Linux".

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Divulgação de Oficinas


Promoção: CTEC - CTEC-Coordenadoria de Tecnologia de Informação e Comunicação
Ministrante: Rafael Zanovelo Perin
Informações:  fone (54) 3055-7248
Local: Laboratório de Informática da CTEC - Av. Osvaldo Aranha, 1479 (ao lado da Caixa Federal - Cidade Alta - Bento Gonçalves/RS)


Oficina de Storybird 
Objetivo: conhecer e criar histórias a partir do site Storybird.
Data: 31 de outubro de 2016
Horário: 08:15 às 11:15
Público-alvo: Professores da rede municipal e estadual de ensino e instrutores de informática.
Local: Laboratório de informática da CTEC http://cursos.bentogoncalves.rs.gov.br/detalhes/944




Oficina de Lousa Digital e Data Show
OBJETIVO: Conhecer as ferramentas da Lousa Digital e procedimentos para a instalação do Data Show.
DATA: 16 de novembro de 2016;
HORÁRIO: 8h15 às 11h15;
PÚBLICO-ALVO: Professores da rede municipal e estadual de ensino e instrutores de informática.
Local: Laboratório de informática da CTEC
Inscrições: http://cursos.bentogoncalves.rs.gov.br/detalhes/927




 

Oficina de Prezi e Data Show
OBJETIVO: Conhecer as ferramentas para a criação de apresentações no site Prezi e procedimentos para a instalação do Data Show.
DATA: 18 de novembro de 2016.
HORÁRIO: 8h15 às 11h15
PÚBLICO-ALVO: Professores da rede municipal e estadual de ensino, instrutores de informática, servidores públicos municipais de Bento Gonçalves.
Local: Laboratório de informática da CTEC
Inscrições: http://cursos.bentogoncalves.rs.gov.br/detalhes/926

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

XX SEMANA DA CULTURA DO COL. DONA ISABEL: tecnologia “Live View Facebook”


        O Colégio Estadual Dona Isabel realiza desde o dia 30 de setembro com encerramento da Semana da Cultura. Esta é a vigésima edição do evento que tem por objetivo promover a área das linguagens nas suas múltiplas manifestações.
Neste ano, o evento homenageia o escritor Luis Fernando Verrissimo, como seu Patrono. A obra do autor foi trabalhada em projetos envolvendo os professores de língua portuguesa, literatura educação física e principalmente de artes. Os projetos são definidos a partir das leituras, interpretações e ou releituras apresentadas durante a Semana da Cultura.
         A Equipe Diretiva, professores, alunos e funcionários se empenham na organização e desenvolvimento do Projeto, que já faz parte do cenário cultural do Município, tendo sido contemplado com a Medalha Oscar Bertholdo, honraria oferecida pela Câmera de Vereadores de Bento Gonçalves para projetos no campo da cultura.
         A comunidade escolar Dona Isabel tem em mente que na vida como na educação, o momento atual pode ser resumido na seguinte frase do autor homenageado: “ Quando a gente acha que tem todas as respostas, vem a vida em muda todas as perguntas...”. Nesse sentido, as apresentações das peças teatrais, recitais poéticos, contações de histórias e musicais são realizados pelos alunos buscando sempre desenvolver competências para resolver os problemas e desafios impostos pelo século XXI.



Live View Facebook”

Apresentação dos estudantes do 9º Ano
          Uma novidade no campo das Tecnologias de Informação e Comunicação – TICs, utilizadas nessa edição são as “live view facebook”. Trata-se de transmissões ao vido de vídeos através da plataforma disponibilizadas para todos os usuários que tem conta no Facebook.  Esta novidade é um passo para que as mídias sejam aliadas no dia a dia da escola. Segundo especialistas a intenção do Facebook é manter seus usuários engajados no que ele tem a oferecer. "Inicialmente restrito a um público selecionado, o recurso aos poucos está chegando a todos aqueles que possuem um perfil na rede social” (Site Tecmundo).

       

  Tutorial

           Saiba mais sobre transmissões de vídeo ao vivo em: <http://www.tecmundo.com.br/facebook/106334-transmitir-videos-vivo-facebook-celular.htm>. Aqui é possível encontrar um tutorial completo sobre a plataforma de transmissão ao vivo do facebook.
           Confira as transmissões da semana da cultura do Colégio Dona Isabel na hashtag:(#XXSemana da Cultura Col. Dona Isabel) ou no link:<https://www.facebook.com/hashtag/xx?source=feed_text&story_id=253866245015434>

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Colégio E. Pe. Colbachini ganha medalha na 13ª MEP

O Colégio Estadual Pe. Colbachini, de Nova Bassano,  participou da 13ª MEP – Mostra da Educação Profissional, realizada de 10 a 12 de agosto no Hotel Dall’Onder, em Bento Gonçalves, e saiu de lá com o 3º lugar na Área de Gestão e Negócios, com o Projeto “Piso TIB”.
            A Mostra da Educação Profissional – MEP oportuniza um espaço para exposição, apresentação e discussão de trabalhos, estudos e projetos científicos/tecnológicos elaborados por alunos e professores da rede pública estadual do Rio Grande do Sul que tenham realizado investigação sobre o tema “Transformando desafios em negócios vencedores em nossa região”.
O Colbachini participou com dois trabalhos: “Energy Sun” – com os alunos Gabriel Merlo da Rocha, Jéssica Cecchin e Bruna Dos Santos, da turma 311, orientados pela Professora Ariane Luvizon; e, “Piso TIB” – com as alunas Taís Deconto, Valéria Zauza e Natália Bonatto, da Turma 211, orientadas pela Professora Géssica Lazzarotto Esses trabalhos competiram com outros 10 na mesma categoria, que foi a mais disputada.  Na 6ª feira, ainda, um grupo de alunos do Colbachini, acompanhados pelas Professoras Juciele Stuani e Marina Vassoler Toazza, viajou até a MEP para prestigiar o evento e os colegas.


Parabéns a todos os alunos, professores e funcionários do Colbachini envolvidos na MEP! Parabéns ao Projeto “Piso TIB” pelo 3º lugar! Parabéns a toda a equipe da 16ª CRE pela excelente organização do evento!